// Informações

Imposto de Renda 2013 – Tabela, IR, Declaração, Restituição

Por: Enilton
No inicio do ano, tanto as pessoas físicas como jurídicas, têm como obrigação fazer a declaração de imposto de renda.

O imposto de renda é o pagamento de uma porcentagem dos proventos obtidos durante ao ano ao governo. O imposto de renda existe em vários países e o valor a ser pago vai depender do valor da renda que cada cidadão recebeu durante ano.

O imposto de renda deve ser pago todos os anos e as pessoas físicas e jurídicas deverão declarar anualmente.

Imposto de renda 2013 – Declaração

São duas classes de contribuintes:

As pessoas físicas  que são cidadãos comuns e pessoas jurídicas que são as empresas.

Estão isentos de pagar imposto de renda as pessoas ou empresas cuja renda mensal não tenha ultrapassado o valor de R$ 1.637,11 por mês.

Tabela de de valores do Imposto de Renda.

Tabela de  valores do Imposto de Renda.

Você deverá fazer a declaração do Imposto de renda na receita federal nos meses de março e abril. A declaração do imposto de renda é muito importante, principalmente para quem faz operações na bolsa, quem participou de quadros societários de empresas, contribuintes que alienaram bens e contribuintes que recebem um determinado rendimento de acordo com as regras.

Se você não fizer a declaração terá que pagar multa de R$165,00 ou mais.

Para fazer a declaração do imposto de renda 2013 devera separar todos os teus documentos, dívidas, lista de bens, despesas pagas do ano e declarar o que vendeu e comprou.

Entre no site www.receita.fazenda.gov.br para a declaração do imposto de renda 2013.

Imposto de renda 2013 – Restituição

Terá direito à restituição do imposto de renda 2013 todos os contribuintes, a restituição é um valor devolvido nos gastos anuais com impostos por cada pessoa. A receita federal todo ano modifica os termos e no momento ela não disponibilizou qual será a regra para a Restituição para maiores informações entre no site www.receita.fazenda.gov.br e saiba mais.

Imposto de renda 2013 – Cálculo

1º Baixe e instale o programa Carnê Leão.

2º Abra o programa e preencha o cadastro com seus dados pessoais (Nome e CPF);

3º Na tela do demonstrativo você irá informar os valores mensais para o cálculo.

Você deverá informar a renda de três fontes diferentes:  Trabalho não assalariado (ou salário informal), aluguéis e outros.

Quanto as  deduções

As deduções possíveis são: Previdência Oficial, Dependentes, Pensão alimentícia (somente as pensões judiciais) e Livro caixa.

Informando estes valore o programa informará o valor a ser pago

Fique atento quanto aos prazos, para não correr o risco de pagar multa



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

// Compartilhe!