// Informações

Vantagens e Desvantagens do Simples Nacional

Por: InfoMaster
Para quem tem uma micro-empresa ou empresa de pequeno porte certamente já se perguntou sobre quais são as vantagens do Simples Nacional. Há muitas dúvidas sobre este tipo de imposto, pensando nisso, vamos disponibilizar algumas informações sobre o simples nacional e suas vantagens e desvantagens.

O que é simples nacional?

Primeiramente precisamos entender o que é o Simples Nacional. Ele é um regime tributário diferenciado, simplificado e favorecido previsto na Lei Complementar nº 123, de 14.12.2006, e é aplicável às Microempreas e Empresas de Pequeno Porte.

Você poderá manifestar interesse pelo Simples Nacional ao ano subsequente fazendo o agendamento, é necessário antecipar as verificações de pendências impeditivas ao ingresso no Regime, essa é apenas uma opção disponível para facilitar o processo de ingresso, não sendo obrigatória.

Não são todas as empresas que podem aderir ao Simples e este possui uma série de ressalvas:

- com relação a composição societária: é obrigatório os sócios, estrangeiros ou não, residiram em território nacional, ou seja no Brasil

- com relação à atividade: a empresa sendo uma prestadora de serviços regulamentada como engenharia, advocacia, representação comercial entre outras também não pode aderir ao Simples.

- com relação ao faturamento: a empresa que ultrapassar o faturamento anual de 2.4milhoes também não pode permanecer no Simples Nacional

Vantagens do Simples Nacional

Desde a sua implementação o Super Simples trouxe muitos benefícios às empresas brasileiras. Sua forma de apuração unificando oito impostos (IRPJ, IPI, CSLL, COFINS, PIS, INSS, ICMS e ISS) em uma única arrecadação agradou muitos empresários.

Outro benefício trazido para as microempresas e as empresas de pequeno porte é que são dispensadas da entrega da apresentação da DCFT – Declaração de Débitos e Créditos de Tributos Federais e do DACON – Demonstrativo de Apuração das Contribuições Federais.

O Simples Nacional também tem a vantagem com questões das licitações. O Simples Nacional determina que os governos estaduais, municipais e federais são obrigados a destinar uma parcela das licitações públicas para empresas da maioria dos setores do comércio, indústria e serviços.

Segundo o Sebrae as vantagens vão além dos benefícios, pois ficará mais simples para pequenas e médias empresas obter crédito, tecnologia, exportar, vender para o governo, abrir empresas e se formalizar.

Desvantagens do Simples Nacional

A grande desvantagem do Simples nacional é que as empresas não estão sabendo definir se é ou não vantajoso para a empresa sua adoção. Em alguns casos as empresas podem apresentar maior tributação, pois o que irão pagar tende a ser de acordo com a folha de pagamento da mesma.

Existem categorias que sofreram prejuízos como o novo sistema, os prestadores de serviços tais como academias, empresas de software e imobiliárias. O motivo é que as empresas dessas áreas além de crescimento de suas alíquotas devido a normalmente terem baixos valores na folha de pagamento, elas necessitam pagar em separado o INSS.

Até mesmo para estabelecimentos comerciais que têm o INSS incluso na tributação unificada, o Super Simples poderá não compensar.

Essas, as vantagens e desvantagens do sistema simples nacional, se você deseja conseguir maiores informações sobre o assunto acesse agora mesmo o site do Portal Tributário.

 



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

// Compartilhe!